Saúde Bucal

São diversas as doenças que podem acometer a boca (cavidade bucal) e de várias formas, sinais, sintomas, cores e texturas. Muitas delas são facilmente transmitidas pelo contato, seja através de um beijo, contato sexual e até por uma mãe que assopra a comida do filho para esfriar. Dentre essas doenças, a mais comum e a mais conhecida por todos nós é a cárie dentária. Entenda exatamente como ela acontece e como preveni-la.

 

Cárie: começa devagarinho, mas faz um grande estrago

A cárie dentária constitui um sério problema que se não for tratada, pode destruir seu dente. Em casos mais graves, a cárie pode matar a polpa (que é o nervo localizado dentro do dente, responsável por mantê-lo vital – vivo). Isso pode resultar em um abscesso (lesão que fica ao redor do dente, entre o dente e o osso, que nada mais é do que uma área de infecção na ponta da raiz do dente). Uma vez formado o abscesso, ele só pode ser tratado através do tratamento do canal; por uma cirurgia de remoção dessa lesão ou pela extração do dente (arrancar).

 

Fique de olho na cárie!

Prevenir é o melhor remédio, mas se a prevenção não funcionar, quanto antes for tratada a cárie dentária, menor vai ser a sua evolução e com isso, menores os problemas causados por ela.

Fonte: http://goo.gl/HiuLJt