Loe Odontologia

Tão importante quanto o hábito de escovar os dentes, deveria ser o hábito de limpar a

escova de dentes. O banheiro é o local mais contaminado da casa e a cada descarga do

vaso sanitário, estamos contaminando o ambiente. Se a escova de dente estiver sobre a

pia ou outro local desprotegido, ficará contaminada também. No caso pode estar

contaminada por coliformes fecais e até vermes, que chegam até a escova através das

gotículas de água lançadas no ambiente durante a descarga.

Um dos cuidados fundamentais seria a descarga do vaso sempre com a tampa fechada e

a sua limpeza constante com água sanitária.

Outro fator importante seria sempre guardar a escova dentro de um armário, ou caso não

se tenha, usar sempre um protetor de plástico.

Antes de escovar os dentes faça um bochecho com água para retirar os resíduos maiores

que podem estar entre os dentes. Isso evita que fiquem presos na escova e entrem em

putrefação.

Após a escovação, a escova deve ser muito bem lavada com água corrente. Não enxugue

em toalhas que estão no banheiro, pois podem estar contaminadas também. Procure

apenas retirar o excesso de água batendo o cabo da escova na pia.

Borrife a escova com uma solução de clorexidina a 0.12%. Você pode mandar fazer em

farmácias de manipulação e colocar naqueles frascos pequenos que cabeleireiras usam

 

para borrifar água nos cabelos. E borrifar essa solução nas escovas após lavá-las

abundantemente com água. Clorexidine é encontrado também sob o nome comercial de

Periogard.

Desinfetar as escovas é essencial. Elas podem trazer guardados vírus de herpes, de

hepatite, bactérias de problemas gengivais e da cárie. Também coliformes fecais e

vermes, dependendo de onde se encontram.

Se você tem herpes, a desinfecção da escova com clorexidina 0,12% ajudará que a lesão

regrida logo. Também ajudará no tratamento e prevenção de doenças periodontais e

gengivais.

As escovas devem ser trocadas em um período de 2-3 meses, aproximadamente. Os

usuários de aparelhos fixos devem trocá-las com frequência maior, pois as peças do

aparelho fixo tendem a destruir as cerdas mais rapidamente.

Compartilhar escovas de dente é contraindicado. Você pode contaminar a outra pessoa

que a usar, ou vice-versa.

 

Fonte: Portal Educação

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

clear formSubmit