ImplantodontiaSaúde Bucal

O Implante Dentário é uma estrutura de titânio que é cirurgicamente colocada na região da mandíbula ou maxilar para substituir a raiz dentária. Tem como objetivo dar suporte a prótese que posteriormente vai ser feita em cima para repor o elemento dental, devolvendo estética e função mastigatória para a região que tinha ausência dentária. Descubra alguns mitos e verdades sobre o implante dentário:

O implante pode sofrer rejeição?

Mito. O titânio, material utilizado na fabricação dos implantes, é biocompatível. Os casos de insucesso, erradamente denominados rejeição, estão normalmente associados à infecções, erro na instalação cirúrgica e planejamento incorreto.

O implante é melhor que um dente?
Mito. O tratamento de implante nunca deve ser feito se houver possibilidade de tratar o dente com problema.

Pacientes fumantes correm um risco maior de perder o implante?
Verdade.
 As substancias presentes no cigarro aumentam o índice de insucesso cirúrgico e durabilidade do trabalho. Um paciente saudável e não fumante tem o índice de sucesso de 98%, já para o fumante esse índice cai para quase 80%.

Qualquer paciente pode fazer a carga imediata?
Mito. 
A carga imediata, que é a colocação do implante e da prótese no mesmo ato não é indicada para todos os casos. É necessária uma avaliação criteriosa para indicar esse procedimento.

Pacientes com osteoporose não podem fazer implante?
Mito. 
As alterações na densidade óssea do sistema esquelético não contraindicam o implante. Porém é muito importante exames complementares para avaliar se há alterações no metabolismo ósseo, o que pode contraindicar este procedimento.

Cirurgia de implante dói?
Mito.
 Seguindo as orientações prescritas pelo dentista, a maioria dos pacientes não relatam dor pós-operatória.

Fonte: MulherYahoo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário