Saúde Bucal

A escovação dentária quando bem feita é um dos melhores meios para se evitar a cárie e as doenças gengivais. Para realizá-la, a escova deve ser adequada: de cabeça pequena, cerdas macias, sendo que a mesma deve ser trocada periodicamente (a cada três meses), quando as cerdas perdem seus alinhamentos.

A escovação deve ser iniciada aos 18 meses para despertar o interesse pela mesma, sob orientação dos pais até os sete anos. A partir daí, a própria criança pode escovar, mas sempre com supervisão. Os dentes devem ser escovados sempre após as refeições e com técnica adequada, a escovação deve ser completda com o uso do fio dental.

O uso de flúor é muito importante, pois diminui o risco de ter cárie dentária. Porém, deve ser utilizado na dosagem correta para haver a prevenção sem efeitos colaterais. O volume de pasta a ser colocada na escova deve ser limitado a 0.5 cm, ou menos, em função da idade da criança.

O flúor pode ser usado localmente e nos dentes por meio de pastas de dentes, bochechos, aplicações tópicas realizadas por dentistas.

A primeira aplicação de flúor deve ser feita o mais precocemente possível, após o nascimento dos dentes de leite.

Fonte: http://goo.gl/5BTrS0